Utilizando o Terminal

Ao realizar o login em Lampião, Cangaceiro ou Bacamarte via ssh você verá um prompt de comando similar ao indicado abaixo:

<login>@lampiao:~$

O acento til significa que você está dentro do seu diretório pessoal, ou seja, /home/<login>/, onde <login> é o seu nome do usuário. O prompt de comando aceita comandos padrão do Unix/Linux.

Agora você pode iniciar programas digitando R, stata, stata-se, stata-ic, xstata, xstata-se, xstata-ic, math, mathematica, maple, xmaple, ou matlab. Observe que os comandos stata, stata-se e stata-ic carregam as respectivas versões do programa Stata no modo de linha de comando e xstata, xstata-se, xstata-ic inicia o programa através da interface gráfica do usuário (GUI). Por padrão, stata e xstata referem-se às versões MP (Multiprocessor) do programa Stata. Da mesma maneira, math inicia o programa Mathematica na linha de comando e mathematica o inicia através do GUI. Para iniciar o Matlab pelo GUI, digite matlab e para inicia-lo pela linha de comando digite matlab -nodisplay -nodesktop -nojvm -nosplash. Por fim, para iniciar o Maple pelo GUI você pode digitar xmaple ou maple para acessa-lo pela linha de comando.

Enquanto estiver logado no terminal de prompt de comando você pode executar trabalhos interativos no próprio prompt. No entanto, se você possuir processos de execução mais intensiva será fortemente encorajado a executa-los em lote. Os trabalhos em lotes permitem que você execute tarefas, como rodar o seu arquivo .do ou qualquer outro script, em horários diferentes e de forma mais simples. Os trabalhos em lotes são adicionados a uma fila e são executados automaticamente pelo servidor. Com o uso de trabalhos em lotes, você pode evitar a lentidão em seu computador ou no servidor durante o horário de trabalho normal.

Executando tarefas em lote no R


Você deve digitar:

R CMD BATCH [options] script.R [outfile] &

Este comando irá executar o scirpt "script.R" e salvar os resultados no arquivo com nome especificado em outfile. O eitza (&) indica que o processo deve ser executado em segundo plano, e devolver o controle do prompt de comando para você para que possa realisar outras tarefas. Se você pretende fazer o logoff do seu terminal e voltar novamente mais tarde para analisar os resultados você deve anexar o comando nohup ao início do comando anterior.

Executando tarefas em lote no Stata


Você deve digitar:

stata-mp -b dofile.do &

Este comando irá executar o dofile "dofile.do" e salvar a saída em dofile.log. O eitza (&) indica que o processo deve ser executado em segundo plano, e devolver o controle do prompt de comando para você para que possa realisar outras tarefas. Se você pretende fazer o logoff do seu terminal e voltar novamente mais tarde para analisar os resultados você deve anexar o comando nohup ao início do comando anterior.

Executando tarefas em lote no Matlab


Você deve digitar:

matlab -nodisplay -nodesktop -nojvm -nosplash -r script.m > output &

Este comando irá executar o script "script.m" e salvar a saída em output. O eitza (&) indica que o processo deve ser executado em segundo plano, e devolver o controle do prompt de comando para você para que possa realisar outras tarefas. Se você pretende fazer o logoff do seu terminal e voltar novamente mais tarde para analisar os resultados você deve anexar o comando nohup ao início do comando anterior.

Executando tarefas em lote no Mathematica


Você deve digitar:

math < commands.mathematica > mathematica_results.txt &

Este comando irá executar o script "commands.mthematica" e salvar a saída em mathematica_results.txt. O eitza (&) indica que o processo deve ser executado em segundo plano, e devolver o controle do prompt de comando para você para que possa realisar outras tarefas. Se você pretende fazer o logoff do seu terminal e voltar novamente mais tarde para analisar os resultados você deve anexar o comando nohup ao início do comando anterior.

Executando tarefas em lote no Maple


Você deve digitar:

maple myprog.mpl > results.out &

Este comando irá executar o script "myprog.mpl" e salvar a saída em results.out. O eitza (&) indica que o processo deve ser executado em segundo plano, e devolver o controle do prompt de comando para você para que possa realisar outras tarefas. Se você pretende fazer o logoff do seu terminal e voltar novamente mais tarde para analisar os resultados você deve anexar o comando nohup ao início do comando anterior.

Agendar tarefas


Você pode agendar as tarefas para executa-las mais tarde e quando a carga no servidor não estiver tão alta. você pode agendar tarefas utilizando os comandos at e batch.

Para agendar uma tarefa do Matlab para começar as 3 horas da manhã digite:

nice echo "matlab -nodesktop < my_simulation.m > my_simulation_results.txt" | at 3:00

ou para rodar a tarefa quando a carga no servidor estiver abaixo de 0.8 digite:

nice echo "maple < ~/commands.maple > /home/<login>/maple.out" | batch

Observe que cada comando pode ser precedido de nohup. Desta forma ele contuará rodando mesmo que você faça o logoff do servidor.