Conectando Remotamente: Usuários Windows

Para conectar aos servidores remotamente você precisará dos seguintes programas:

  • puTTy: Este programa conecta o seu computador utilizando o protocolo de rede SSH para acessar o servidor de forma segura.
  • WinSCP: Este programa permite transferir arquivos entre o seu computador e o servidor.
  • Xming: Este programa permite vizualizar as versões GUI (graphical user interface) dos softwares instalados.
  • Chave RSA

    Se você trabalha frequentemente em algum dos servidores, digitar sua senha a cada vez que você fizer o login pode ser evitado com a ajuda de uma chave RSA. A idéia é gerar dois arquivos-chave, uma chave privada para o seu computador e uma chave pública para ser inserida no servidor em questão. Esses arquivos são então comparados automaticamente quando você utiliza o SSH. Além disso, as chaves SSH fornecem uma maneira mais segura de fazer o login em um servidor do que usar uma senha a cada login.

    Para definir a sua chave RSA no Windows siga os seguintes passos:


  • Inicie o utilitário PuTTYgen (Se necessário, faça o download do PuTTYgen aqui), clicando duas vezes sobre o seu arquivo .exe.
  • No campo "Type of key to generate", selecione SSH-2 RSA.
  • No campo "Number of bits in a generated key", especifique 4096 (bits maiores dificulta a quebra da chave por métodos de força bruta).
  • Clique no botão "Generate".
  • Crie uma senha no campo "Key comment". Isto não é nem a sua senha para o seu computador, nem a sua senha para o servidor; é uma nova senha. Ela deve conter de 10 a 30 caracteres.
  • Clique no botão "Save public key" para salvar a chave pública criada e escolha um nome para o arquivo (alguns usuários o salvam em uma pasta em seu computador nomeando-a my_keys);
  • Clique no botão "Save private key" para salvar a chave privada e escolha um nome para o arquivo (você pode salvá-lo no mesmo local que a chave pública, mas deve ser um local que só você possa acessar e que não va perder! Se você perder as chaves e tiver desabilitado logins com senha/nome de usuário, você não será mais capaz de realizar o login no servidor)!
  • Clique com o botão direito do mouse no campo de texto chamado "Public key for pasting into OpenSSH authorized_keys" e escolha "Select All".
  • Clique com o botão direito do mouse novamente no mesmo campo de texto e escolha "Copy".
  • NOTA: PuTTY e OpenSSH usam formatos diferentes para as chaves SSH públicas. Se a chave SSH que você copiou começar com "---- BEGIN SSH2 PUBLIC KEY...", ela não estará no formato correto. Certifique-se de seguir as instruções cuidadosamente. Sua chave deve começar com "ssh-rsa AAAA ...."

    Salvando a Chave Pública em Lampião, Cangaceiro ou Bacamarte

    Precisamos coipar a chave pública, salva anteriormente, no servidor. Devemos salva-la no seguinte diretótio: ~/.ssh/authorized_keys.

  • Faça o login no servidor
  • Se a pasta .ssh não existir, crie-a manualmente:
  • mkdir ~/.ssh

    chmod 700 ~/.ssh

    touch ~/.ssh/authorized_keys

    Cole a chave pública copiada no arquivo authorized_keys criado:

    vim ~/.ssh/authorized_keys

    chmod 600 ~/.ssh/authorized_key

    Atualize o perfil do servidor no PuTTY para salvar as novas configurações

  • Selecione SSH sob Protocol.
  • Do lado esquerdo da janela, em Connection, selecione a sub-categoria Data.
  • Especifique o seu nome do usuário.
  • Expanda a sub-categoria SSH, em Connection.
  • Selecione a sub-categoria Auth e clique no botão Browse, na lateral direita da janela do PuTTY.
  • Procure e selecione a sua chave privada criada anteriormente.
  • Retorne à categoria Session e clique no botão Save.
  • Se você tiver definido uma senha na sua chave pública, você precisará digitar a senha ao fazer o login no servidor.